Formacao

Wednesday, December 28, 2005

A FESTA

Ando estes dias a utilizar a expressão "Festa" para Natal, recuperando o que diziam os Madeirenses.
Festa, haviam tão poucas..
A familia e amigos reuniam-se
eram vários dias
as brincadeiras, o jogo de cartas, do pião para os mais novos (esse nunca tive)
cantavam e tocavam os instrumentos que tinham.
visitavam os familiares, vizinhos e amigos com o pretexto de ver a "Lapinha"
a comida era diferente.
Não vivi propriamente nesse tempo, mas só de ouvir falar disso, sinto uma espécie de saudade.
Saudade de viver a Festa de forma pura, com felicidade.
Tento e consegui viver um bocadinho disso na festa, de 24 a 27 de Dezembro, CONSEGUI, jogo á bisca (jogo de cartas) com a familia, visita-mo-nos para ver a "lapinha", rimos, brincamos, comemos carne de vinho e alhos, pão de casa, com cacau a acompanhar e o cheiro do ananás na mesa .
Hoje, infelizmente, há a parte que eu dispenso mas tenho que viver, em que tenho que ouvir e falar das prendas que recebi e que dei, dos dias de descanso, voltar aos convivios e sorrisos forçados...
O que me dá força, neste momento, para aguentar o meu espirito de Natal é saber que amanhã vou ver uma "lapinha" (já substituida por um presépio), que jogarei á bisca, que voltarei a estar em Paz.
Continuarei em Festa. na Festa do Natal.

2 Comments:

At 3:28 PM, Blogger Desambientado said...

Pois é Nanda.
Você certamente também estará interessada em entrar no movimento de humanização do Natal.
A tradição tem muito valor, porque foi capaz de se afirmar ao longo dos séculos. Pode ter sido irracional, porque não era facil torna-la intelegível. Quando a perdemos, começamos a valorizá-la e a ver a riqueza que encerrava.

 
At 9:29 AM, Blogger soslayo said...

NANDA, ainda bem que viveste intensamente o NATAL e vim hoje aqui para te desejar que o ANO NOVO que aí vem te traga a concretização de todos os teus sonhos. BOM ANO 2006. Beijinhos

 

Post a Comment

<< Home